Recém-Nascidos

CROSTAS LÁCTEAS



Quantas mamães já se desesperaram ao ver na cabecinha de seu bebês as famosas ‘crostinhas”no couro cabeludo, ligeiramente amareladas, também denominadas crostas lácteas?

Calma... isso é normal, acontece.

Elas podem ocorrer em bebês recém-nascidos, mas desaparecem facilmente, normalmente nas primeiras semanas. Em bebês que suam muito, isso pode surgir naturalmente, durar alguns dias, mas é muito fácil realizar sua remoção.

Antigamente, as mamães e vovós utilizavam óleo de cozinha nas cabecinhas dos bebês. Por favor, não faça da cabecinha de seu bebê uma salada! Hoje, com a ciência cosmética tão evoluída, temos outros recursos.

Utilize um óleo infantil de boa procedência e com ele embeba um chumaço de algodão. Passe-o suavemente sobre cada crostinha visualizada no couro cabeludo, promovendo assim, seu deslocamento. Não há necessidade de esfregar o couro cabeludo com o algodão, pois isso certamente machucaria o bebê. Caso algumas crostas forem insistentes e não saírem na primeira vez, não force. Lave os cabelos adequadamente e repita o procedimento no dia seguinte.Não há necessidade de deixar o óleo agir por um tempo na cabecinha do bebê.

Proceda como acima descrito e em breve seu bebê exibirá um couro cabeludo limpinho, bonito e sem as temidas crostinhas.





Sara Gonçalves
Farmacêutica Industrial
Profa. de Cosmetologia das Faculdades de Ciências Farmacêuticas e Bioquímicas Oswaldo Cruz
Coordenadora do Curso Superior de Tecnologia em Cosméticos da FATEC Oswaldo Cruz
Membro da Associação Brasileira de Cosmetologia
Contato : sara.cosmeticos@mae24horas.com.br