Gestantes

POSTURA NA GESTAÇÃO


A gestação é um momento importante e especial na vida da mulher.

Trata-se também de um período de intensos ajustes anátomo-fisiológicos que levam a acentuadas mudanças no organismo materno, que são necessárias para o perfeito crescimento e desenvolvimento do feto.

Por outro lado essas mudanças trazem conseqüências para as futuras mamães, que podem resultar em processos dolorosos e em algumas limitações nas suas atividades de vida diária (AVD´s). O aumento do peso corporal, o alongamento da musculatura abdominal, o crescimento das mamas e a fadiga habitual do período, fazem com que a gestante adote uma má postura, além de uma marcha ou modo de andar diferenciado.

Com relação à postura, a região do corpo mais prejudicada é a coluna.

Ocorrem dores lombares (na maioria das vezes não são tão intensas), podendo irradiar para uma ou as duas pernas, e seguindo por todo o percurso do ciático, em geral acometem somente um dos lados das costas e se agravam pelo caminhar não habitual; reduzem com o repouso.

Estudos mostram que 50% das gestantes apresentam dores lombares, 40% delas são evidenciadas no período do 4º a 7º mês de gestação, e as dores são mais comuns em mulheres com idade mais avançada e maior número de gestações.

De acordo com esse contexto, o andar da gestante também se modifica, a fim de adequar-se a essas mudanças. Adotam-se passos mais curtos, com aumento da base de sustentação (onde a gestante afasta seus pés para formar uma base de apoio maior), o que caracteriza a chamada marcha anserina ou marcha de pato.

Tendo como objetivo o maior conforto, segurança e bem estar das futuras mamães, seguem agora algumas dicas de posicionamento fundamentais para realização das atividades de vida diária (AVD`s):

* posição em pé: evitar permanecer nessa posição por tempo prolongado. Para as gestantes que necessitam manter esta postura, lembrar que o peso do corpo deverá estar bem distribuído, com um leve afastamento das pernas, para que se evite a sobrecarga dos calcanhares e da coluna lombar.

*posição sentada: é a mais comprometedora para a coluna. São recomendáveis cadeiras com braços de apoio e encosto com abertura na parte inferior. A gestante deve apoiar bem as costas no encosto e sentar sentindo as nádegas apoiadas de maneira uniforme. Não sentar sobre o cóccix.

* posição deitada: o mais indicado é o lado esquerdo, principalmente para dormir. A gestante pode utilizar um travesseiro que preencha o espaço entre a orelha e o ombro e outro entre as pernas na altura dos joelhos. Essa posição é a que menos exerce pressão na coluna, além de facilitar a circulação do sangue entre o útero e a placenta.

* levantar-se: antes de levantar, mexer as mãos e pés em movimentos circulares, virar de lado e apoiar o tronco sobre o cotovelo, colocando as pernas para fora da cama. Para se deitar, realizar o processo inverso, apenas dispensando a estimulação dos pés e mãos.

* dirigir automóveis: evitar esticar os braços e pernas, mantendo–os um pouco dobrados (para isso aproximar o banco da direção, sem comprimir o abdômen), usando o cinto de segurança com a tira inferior abaixo da barriga.

* atividades domésticas como:

- lavar e passar roupas, lavar louças, sempre que possível colocar um dos pés sobre uma elevação alternando–os.

- esfregar roupas, fazer o movimento fora do tanque, adaptar uma tábua na superfície do mesmo e apoiar uma bacia sobre ela.

- estender roupas no varal, colocar o balde com roupa molhada sobre uma cadeira.

- limpar paredes, usar vassouras e rodos de cabos mais longos (para não se curvar durante a limpeza) mantendo os braços esticados e fazendo movimentos verticais para cima e para baixo.

- subir escadas para colocar e pegar objetos em lugares altos, evitar a elevação dos pés (para não se desequilibrar).

- agachar para pegar objetos no chão (abrir as pernas para que a barriga se encaixe entre elas) e manter a postura ereta. Ao se erguer fazer da mesma forma. Para carregar objetos pesados não esquecer de trazê–los junto do corpo, antes de levantá-los.



Josefina Pardal Souza
Fisioterapeuta
Contato: jo.fisioterapia@mae24horas.com.br